domingo, 22 de abril de 2018

Eleonora Giorgi em teste no Walk & Middle Distance Night, em Milão

Eleonora Anna Giorgi e a partida da prova em Milão.
Fotos a partir de vídeo da organização local.
Montagem: O Marchador

Depois de uma sessão de treino matinal de 20 km, a internacional italiana Eleonora Anna Giorgi, do G.S. Fiamme Azzurre, fez questão de alinhar, de tarde, na prova de 5.000 m marcha da 8.ª edição do Walk & Middle Distance Night, em Milão (18 Abril), organizada pelo CUS Pro Patria Milano, vencendo com a marca de 21.39,68.

Tratou-se de um teste a 2 semanas de participar nos 20 km do Campeonato do Mundo de Seleções em Taicang (China), local que Giorgi considera especial pois foi aí que obteve o seu primeiro recorde nacional dos 20 km, de 1.27.05, decorria o ano de 2014. Mas tratou de esclarecer que espera na China uma boa prestação para a equipa italiana e que os europeus de Berlim constituem o seu principal objetivo da época.

De recordar que Giorgi é a detentora do melhor registo mundial de sempre na distância dos 5.000 metros em pista, com 20.01,80 em Misterbianco, Itália, a 18 de Maio de 2014.

O vencedor masculino da prova (mista) em Milão foi Alberto Zaupa, do Atletica Schio, com 22.18,29. Participaram 9 atletas.

«The Fire Fighters Memorial Walk» na Ilha de Man (resultados)

David Mapp (110) e Hannah Hunter (89) e pelotão perseguidor.
Fotos: The Firefighters Memorial Walk
Montagem: O Marchador

Este evento de marcha destinado à angariação de fundos para os Bombeiros contou com mais uma edição aberta (15/4), este ano designado como «The Fire Fighters Memorial Walk», ligando na distância de 50 km os quartéis de Peel e Ramsey.

Foram 124 os participantes, com a distância de 50 km em linha a ser completada por 96 atletas, nestes, as mulheres em maior número que os homens, 52 contra 44.

David Mapp, em filiação clubista, foi o primeiro a cortar a meta, com 4.43.45, sendo seguido pelos representantes do Many Harriers, or Richard Gerrard, M45, com 4.52.56, e pela primeira mulher, Hannah Hunter, W35, com 5.11.06. A fechar o pódio masculino entrou na 4.ª posição, Pete Miller, M40, com 5.22.01, e o feminino, nas 5.ª e 6.ª posições, Michelle Turner, W45, com 5.23.21, e a vencedora em 2017, Karen Chiarello, W50, com 5.28.41.

Os resultados completos podem ser encontrados aqui.

sábado, 21 de abril de 2018

Itália no Mundial de Seleções de Marcha 2018

Imagens: IAAF e Dreamstime. Montagem: O Marchador

Antonella Palmisano, medalha de bronze nos últimos Campeonatos do Mundo, é a figura de prova da seleção nacional italiana, composta por 19 atletas (12 masculinos e 9 femininos) que se apresentará em Taicang, nos próximos dias 5 e 6 de maio, para o Campeonato Mundial de Seleções de Marcha Atlética.

Com equipas completamente preenchidas nos 20 km masculinos e femininos e ainda nos 50 km masculinos, a Itália, tradicionalmente, é uma seleção que apresenta fortes pergaminhos, em termos coletivos, como se verifica pelo historial da competição.

Palmisano é, hoje em dia a principal referência da marcha atlética italiana – foi segunda classificada no Grande Prémio Internacional de Rio Maior – e certamente será uma das candidatas ao pódio feminino na distância. Eleonora Giorgi, recordista nacional com a marca de 1:26:17 (tempo obtido na Taça da Europa de Marcha de 2015, em Múrcia), Nicole Colombi, Eleonora Domicini e Valentina Trapletti completam a equipa transalpina dos 20 km.

Nos 20 km masculinos a Direção Técnica da Fidal selecionou Marco de Luca (um especialista de 50 km), Francesco Fortunato, Giorgio Rubino (medalha de bronze nos mundiais de Berlim, em 2009), Stano Massimo e Federico Tontodonati. Nos 50 km foram escolhidos Andrea Agrusti, Michele Antonelli, Stefano Chiesa e Matteo Giuponi.

Nos 50 km femininos, Mariavittoria Becchetti vai estrear-se na distância – também pela primeira vez de forma oficial no Mundial de Nações, tendo a atleta de Roma, nascida em 1994, conseguido o passaporte para Taicang numa prova de 35 km realizada em Grosseto, em janeiro deste ano.

Nos Sub-20 masculinos teremos Nicolas Fanelli, Davide Finocchietti e Riccardo Orsoni, enquanto no setor feminino foi selecionada Valeria Disabato, todos a competir na distância de 10 km.

Memorial de Marcha «Cecil Gittins» em Inglaterra (resultados)

A partida conjunta e os três primeiros classificados dos 15 km,
Malcolm Martin (103), Seb Parris (106), Ollie Hopkins (104).
Fotos: Veterans AC. Montagem: O Marchador

Em memória de Cecil Gittins, figura ímpar da marcha atlética inglesa como praticante e como juiz, que faleceu em 2014 quando prestes a completar 86 anos de idade, realizou-se em Gravesend, dia 14, um evento de marcha com o seu nome, organizado pelo Veterans Athletic Club e incorporado na Liga Inglesa de Marcha.

Com um programa de provas sobre diferentes distâncias, 2,5 km, 5 km, 10 km e 15 km, em circuito com declives, participaram cerca de 40 atletas com idades compreendidas entre os 11 e os 85 anos, mas maioritariamente veteranos.

Referência para os vencedores, nos 15 km, Seb Parris, do Ilford AC, 1.25.24, e Angela Martin, W50 (Surrey WC), com 1.54.06, nos 10 km, o português Francisco Reis, M55 (Thames Valley Harriers), com 50.45, e Helen Middleton, W55 (Enfield & Haringey), com 1.01.29, e nos 5 km, Linda Mountford, com 32.32, e Peter Hannell, M75 (Surrey AC), com 36.24. Nos mais jovens, Abigail Smith, sub-15 (Blackheath & Bromley H) foi a primeira classificada, com 15.02.

Principais resultados

15 km femininos
1.ª, Angela Martin, W50 (Surrey WC), 1.54.06

15 km masculinos
1.º, Seb Parris, sénior (Ilford), 1.25.24
2.º, Malcolm Martin, M60 (Surrey WC), 1.25.38
3.º, Ollie Hopkins, sub-20 (Lewes), 1.28.22
4.º, Martin Fisher, M55 (Redcar RWC), 1.33.51
5.º, Mark Culshaw, M50 (Ilford), 1.44.28
6.º, Chris Flint, M70 (Surrey WC), 1.47.58

10 km femininos
1.ª, Helen Middleton, W55 (Enfield & Haringey), 1.01.29
2.ª, Melanie Peddle, W45 (Loughton), 1.03.00
3.ª, Jacqueline Benson, U20W (Ashford), 1.05.11
4.ª, Andrea Ingram, W55 (Lewes), 1.05.53
5.ª, Fiona Bishop, W55 (Woking), 1.08.09
6.ª, Janice Bentley Pearson, W55 (Ilford), 1.10.46
7.ª, Rachel Lawless, W55 (Ilford), 1.13.56
8.ª, Angela Martin, W50 (Surrey WC), 1.14.30
9.ª, Anne Scurfield, W60 (Ilford), 1.17.36
10.ª, Lesley Morris, W55 (Ilford), 1.17.37
Desistente: Maddy Shott, SW (Belgrave).

10 km masculinos
1.º, Francisco Reis, M55 (Thames Valley Harriers), 50.45
2.º, David Crane, M40 (Surrey WC), 52.34
3.º, Seb Parris, SM (Ilford), 56.57
4.º, Malcolm Martin, M60 (Surrey WC), 57.25
5.º, Ollie Hopkins, U20M (Lewes), 57.36
6.º, Chris Hobbs, M60 (Ashford), 57.44
7.º, Martin Fisher, M55 (Redcar RWC), 1.01.20
8.º, Stuart Bennett, M55 (Ilford), 1.03.07
9.º, Richard Emsley, M65 (Saints & Sinners), 1.04.37
10.º, Gary Smith, M60 (Enfield & Haringey), 1.05.26
11.º, Andy Cox, M65 (Hillingdon), 1.09.05
12.º, John Borgars, W70 (Loughton), 1.09.14
13.º, Chris Flint*, M70 (Surrey WC), 1.10.27
14.º, Tom Casserley, M75 (Enfield & Haringey), 1.11.26
15.º, Mick Harran, M75 (Surrey WC), 1.12.06
16.º, Mark Culshaw, M50 (Ilford), 1.13.57
17.º, David Hoben, M65 (Surrey WC), 1.14.15
18.º, Sean Pender, M60 (Enfield & Haringey), 1.16.37

Fonte: Veterans AC

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Brasil no Mundial de Seleções de Marcha 2018

Imagens: IAAF, ClipGround e Wikimedia Commons
Montagem: O Marchador

Erica Rocha de Sena é a principal figura da delegação brasileira, constituída por cinco atletas, que disputará o Campeonato Mundial de Seleções de Marcha Atlética em Taicang, na China, no primeiro fim-de-semana do próximo mês de maio.

A atleta pernambucana, a viver há largos anos no Equador, detém um recorde pessoal de 1:26:59, que é também recorde do Brasil, estabelecido nos Campeonatos do Mundo de Atletismo de 2017, em Londres, onde se posicionou numa excelente quarta posição. Aliás, as suas atuações no plano internacional têm sido pautadas nos últimos anos por elevados níveis de qualidade. 7.ª nos últimos Jogos Olímpicos (Rio de Janeiro), conquistou a medalha de bronze na última edição do mundial de marcha atlética, em Roma, e deve ser considerada, de novo, uma das candidatas ao pódio feminino, em Taicang. Seria uma boa prenda de aniversário para Érica que completará 33 primaveras dois dias antes da sua prova.

Ainda no setor feminino, e para a prova de 50 km marcha, Nair da Rosa é a aposta brasileira para a competição, ela que venceu os Pan-americanos de Marcha Atlética, em 2017 e foi medalha de bronze nos últimos Sul-americanos da especialidade, disputados este ano em Sucúa, no Equador, onde estabeleceu um recorde pessoal de 4:38:48.

No setor masculino, e para os 20 km, integram a seleção Moacir Zimmermann, com um recorde pessoal de 1:21:35, em 2009, onde obteve a medalha de bronze nos Jogos Mundiais Universitários, em Belgrado, e José Bagio que nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008 se classificou na 14.ª posição, com um recorde pessoal de 1:21:43. A grande ausência do selecionado brasileiro é Caio Bonfim (medalha de bronze nos Mundiais de Londres), a contas com uma arreliadora lesão no pé, que já o impediu de participar no Grande Prémio de Rio Maior, onde era presença assídua. O jovem Matheus Correa participará nos 10 km Sub-20.

De assinalar que dos cinco atletas selecionados, nada menos de quatro pertencem ao Estado de Santa Catarina (três de Blumenau), região com forte implantação na especialidade. O treinador escolhido pela CBAt para supervisionar tecnicamente a seleção brasileira será Sérgio Vieira Galdino, antigo marchador internacional que, recorde-se, atingiu patamar de classe elevada nos campeonatos mundiais de atletismo de 1983, em Estugarda (Alemanha) quando se classificou numa muito honrosa sexta posição na prova dos 20 km marcha.

Hamza Hmidi e Souad Izzi vencem marcha nos sub-20 em Amã, Jordânia

Em Amã, os pódios da marcha e fase da prova masculina.
Fotos: Fed. Atl. Jordânia, Boubekeur Moussaoui e Belhaj Ahmed
Montagem: O Marchador
O tunisino Hamza Hmidi e a argelina Souad Izzi sagraram-se campeões árabes de sub-20 nas provas de 10.000 metros marcha disputadas ontem, dia 19, em horário madrugador, na pista da Escola Baccalaureat em Amã, na Jordânia, por ocasião da 18.ª edição dos Campeonatos Árabes da categoria (19 a 22 de Abril).

Nos masculinos, Hmidi obteve a marca de 44.41, sendo seguido pelos argelinos Mehdi Abidi, com 45.23, e Othman Chibaouixyz, com 45.55, enquanto nos femininos, Izzi foi cronometrada em 50.12, com a tunisina Rihem Bouzid a ocupar a segunda posição, com 50.46, ambas a conseguirem os mínimos de participação para os Campeonatos do Mundo de Sub-20 que terão lugar, no mês de Julho, em Tampere (Finlândia). A argelina Meriem Amel Zoubiri foi a terceira classificada, com 54.04.

Os campeonatos contam com a participação de mais de 400 atletas de 16 países.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

México no Mundial de Seleções de Marcha 2018

Imagens: IAAF, Shutterstock e Vmessages.
Montagem: O Marchador

María Guadalupe González Romero é a atleta mais destacada na delegação mexicana ao Campeonato do Mundo de Seleções de Marcha, que terá lugar na cidade chinesa de Taicang, nos dias 5 e 6 de maio próximo. Uma das mais fortes candidatas a um lugar no pódio da prova feminina de 20 km, Lupita, que está no patamar mais elevado da marcha atlética mundial – seguindo a tradição de grandes nomes da marcha atlética mexicana, tais como Dauniel Bautista e Raúl González – venceu na edição de Roma de 2016 com um recorde nacional de 1:26:17, que ainda perdura. Medalhada de prata nos Jogos Olímpicos de 2016 e nos Campeonatos do Mundo de 2017, é acompanhada por Valeria Ortuño (recorde pessoal de 1:32:29), agora no seu primeiro ano de sénior, ela que regista uma medalha de bronze (enquanto júnior), no último Campeonato do Mundo de Seleções.

Na seleção, composta por 10 atletas, metade deles está inscrita nos 20 km masculinos, numa equipa de muita qualidade, constituída por Antonio Isaac Palma Olivares (1:21:57, na edição deste ano de Lugano), Horacio Nava (1:22:13, em Podebrady), Ricardo Ortíz (1:22:28, em Podebrady), José Leyver Ojeda (1:22:01, em Rio Maior) e José Luis Doctor (1:22:34, em Rio Maior).

Nos 10 km, Sub-20 femininos, apresenta-se Alegna González Muñoz, detentora da sexta melhor marca mundial do ano na categoria, com o tempo de 45:20, e nos rapazes destacam-se César Córdoba (42:36), que ainda no escalão Sub-18 procurará em Cali (Colômbia) assegurar um lugar nos Jogos Olímpicos da Juventude (Buenos Aires), e Saúl Mena (42:56).

Fonte: FMAA

Campeonatos do Pays de La Loire, em Saumur (FRA) - resultados

O castelo de Saumur, Camille Aurriére, Sebastien Delaunay,
Stephane Poirout e Keny Guinaudeau, o vencedor dos 20.000 m.
Fotos: Emmanuel Tardi e Francoise Meltier
Montagem: O Marchador

Tendo como cenário o Castelo de Saumur, originalmente construído no século X, realizaram-se na pista do Estádio de Offard (15/4), com excelentes condições atmosféricas, os Campeonatos de Marcha do Pays de La Loire (em português, País do Loire), uma das regiões administrativas de França, com provas de 20.000 e 10.000 metros.

Nos 20.000 metros, Keny Guinaudeau, do AC Roche-sur-Yon, foi um destacado vencedor, registando 1.26.33,52, redimindo-se da infeliz participação em Podebrady (desistiu) e batendo o seu recorde pessoal por quase 2 minutos (antes, 1.28.16-2014). Seguiram-lhe nas posições imediatas, e com boas marcas para atletas veteranos M40, Stephane Poirout (Entente Des Mauges), com 1.31.40,41, e Sebastien Delaunay (CA du Pays Saumurois), com 1.32.06,00. Não houve participação feminina.

Nos 10.000 metros, foram vencedores os sub-20, Hugo Grellier (AC Roche-sur-Yon), 47.59,83, nos masculinos, e Kathleen Gasnier (ACL 44 - S/l Cote de Jade Athl), com 58.50,60, nos femininos.

Referência ainda para a realização de provas abertas sobre distâncias mais curtas, destacando-se, nos 5.000 metros, Camille Aurriére (US St Berthevin), com 24.39,61, um bom regresso após lesão, nos 3.000 metros, Sven Durand (Paris UC), de 13 anos, com 14.41.10, nos masculinos, e Marie Boudesseul (AA - S/l Angers Athletic Club), com 14.44,01, nos femininos. Finalmente, nos sub-14, sobre 2.000 metros, venceram Esteban Mouille (AC Roche-sur-Yon), com 11.28.42, e Natanella Maes (US St Berthevin), com 11.31,13.

Colaboração: Emmanuel Tardi

Classificações
20.000 m masculinos
1.º, Keny Guinaudeau, 1993 (AC Roche-sur-Yon), 1.26.33,52
2.º, Stephane Poirout, 1976 (Entente Des Mauges), 1.31.40,41
3.º, Sebastien Delaunay, 1974 (CA du Pays Saumurois), 1.32.06,00
4.º, Antoine Fremondiere, 1996 (Caps - S/l Vihiers), 1.40.51,04
5.º, Dominique Gaudin, 1973 (Athletisme Saint Barthelemy D’Anjou), 1.45.07,34
Extra: Yves-Michel Kerlau, 1961 (CM Roubaix), 2.05.00,33
Desistente: Axel Mutter, 1996 (AC Roche-sur-Yon).

10.000 m femininos
1.ª, Kathleen Gasnier, 2000 (ACL 44 - S/l Cote de Jade Athl), 58.50,60

10.000 m masculinos
1.º, Hugo Grellier, 1999 (AC Roche-sur-Yon), 47.59,83
3.º, Valentin Chablat, 2000 (NMA - S/l AC La Chapelle/Erdre), 48.51,12
4.º, Benoit Rochard, 1969 (ACLR - S/l Jogging Club Nieula), 51.08,24
5.º, Richard Delaunay, 1964 (US St Berthevin), 55.01,78
6.º, Thomas Poireaud, 2000 (AC Roche-sur-Yon), 58.26,62
Extra: Didier Menou, 1961 (AC Romorantin), 49.58,84

quarta-feira, 18 de abril de 2018

FPA anunciou escolhas para o Campeonato do Mundo de Seleções de Marcha 2018

Montagem: O Marchador

A Federação Portuguesa de Atletismo divulgou ontem os 12 escolhidos para a participarem em Taicang, na China, (5/6 de Maio), por ocasião do Campeonato do Mundo de Seleções de Marcha, tendo por base as marcas de qualificação exigidas (nem todos as obtiveram) e outros critérios adotados.

Com a indicação das melhores marcas obtidas dentro dos períodos de qualificação, os atletas em cada prova são os seguintes:

50 km fem. (MQ: 4.35.00, 50 km/3.05.30, 35 km)
Inês Henriques, CN Rio Maior
4.05.56, 50 km – Londres/2017; 2.45.51, 35 km – Porto de Mós/2018

50 km masc. (MQ: 4.02.00, 50 km/2.44.30, 35 km)
Pedro Isidro, SL Benfica
3.56.38, 50 km – Podebrady/2017

20 km fem. (MQ: 1.35.00)
Ana Cabecinha, CO Pechão
1.28.57 – Londres/2017
Edna Barros, CO Pechão
1.35.35 – Rio Maior/2018
Mara Ribeiro, SL Benfica
1.35.45 – Podebrady/2017

20 km masc. (MQ: 1.25.00)
João Vieira, Sporting CP
1.22.42 – Podebrady/2017
Miguel Carvalho, SL Benfica
1.23.31 – Podebrady/2017 e Rio Maior/2018
Miguel Rodrigues, SL Benfica
1.26.05 – Bydgoszcz/2017

10 km sub-20 fem. (MQ: 51.30)
Inês Reis - Sporting CP
49.07 – Rio Maior/2018
Joana Pontes - GA Casais do Vento
49.13 – Rio Maior/2017
Maria Bernardo - CO Pechão
49.35,57 – Montemor-o-Novo/2018

10 km marcha sub-20 masc. (MQ: 45.00)
Paulo Martins - Sporting CP
44.45 – Rio Maior/2018

De notar a incoerência federativa ao estipular para os sub-20 a obtenção de resultados no período entre 1 de Dezembro/2017 e 22 de Abril/2018, e divulgar antes que termine o prazo, no dia 17 de Abril, a constituição final da seleção!

Zdziebło e Tomala vencem 20 km em Zaniemyśl, Polónia

Os pódios feminino e masculinos, e Katarzyna Zdziebło.
Fotos: IG Katarzyna Zdziebło e Dawid Tomala
Montagem: O Marchador

A 16.ª edição do grande prémio de marcha de Zaniemyśl, na Polónia, teve lugar no passado sábado (dia 14), com Katarzyna Zdziebło e Dawid Tomala a evidenciarem claro domínio e a vencerem as principais provas na distância olímpica dos 20 km.

Nos femininos, Zdziebło, de 21 anos, que representa o LKS Stal Mielec, obteve um novo recorde pessoal de 1.32.50 (antes, 1.34.49 de 2016), marca que lhe dá o direito a participar nos próximos Campeonatos da Europa de Berlim (1.33.00 é mínimo polaco). Registou parciais em cada 5 km de 23.18, 23.13, 23.02 e 23.17 e cada metade em 46.31 e 46.19. Completaram o pódio, a sub-23 Olga Niedziałek (WLKS Nowe Iganie), com 1.39.32, e Monika Kapera (AZS-AWF Katowice), com 1.40.15.

Nos masculinos, Tomala, do AZS KU Politechniki Opolskiej Opole, foi líder incontestado, com 20.57, 20.53, 21.08 e 21.27 em cada légua, somando a marca final de 1.24.25. Na segunda posição classificou-se Uladzimir Kaleśnik, da Bielorrússia, com 1.29.50, e na terceira Rafał Sikora (AZS-AWF Katowice), com 1.31.07, atleta que continuou até aos 30 km para obter 2.15.44 (44.37 nos últimos 10 km).

De entre a centena de atletas participantes e de vários escalões etários, interessante registar ainda a marca obtida pela jovem Emilia Wiśniewska (sub-14), com 4.38 na prova de 1 km.

Principais classificações
20 km femininos
1.ª, Katarzyna Zdziebło, 1996 (LKS Stal Mielec), 1.32.50
2.ª, Olga Niedziałek, 1997 (WLKS Nowe Iganie), 1.39.32
3.ª, Monika Kapera, 1990 (AZS-AWF Katowice), 1.40.15
4.ª, Małgorzata Cetnarska, 1998 (KKS Victoria Stalowa Wola), 1.44.57
5.ª, Antonina Lorek, 1995 (KS AZS AWF Kraków), 1.49.58

20 km masculinos
1.º, Dawid Tomala, 1989 (AZS KU Politechniki Opolskiej Opole), 1.24.25
2.º, Uladzimir Kaleśnik, 1992 (BLR Bielorrússia/Brześć), 1.29.50
3.º, Rafał Sikora, 1987 (AZS-AWF Katowice), 1.31.07 (30 km, 2.15.44)
4.º, Adrian Klonowski, 1997 (LKS Vectra Włocławek), 1.32.19
5.º, Arkadiusz Drozdowicz, 1998 (OŚ AZS Poznań), 1.33.44
6.º, Jacek Cyngot, 1996 (UKS Olimp Kozienice), 1.41.37
7.º, Michał Baranowski, 1998 (MKS Unia Hrubieszów), 1.48.59
Desclassificado: Rafał Fedaczyński, 1980 (AZS UMCS Lublin).
Desistente: Kacper Kosecki, 1997 (KL Lechia Gdańsk).

Resultados completos, aqui.

terça-feira, 17 de abril de 2018

IAAF declinou pedido de 4 marchadores russos

Os atletas não autorizados pela IAAF: Maria Ponomariova (32),
Dementiy Cheparev, Sofia Brodackaya e Elvira Hasanova.
Fotos: Escola Olímpica de Saransk
Montagem: O Marchador

No passado dia 12, a Federação de Atletismo da Rússia anunciou os nomes dos quatro marchadores que solicitaram a participação em provas internacionais com estatuto «neutro» e que receberam resposta negativa da IAAF.

São eles, Dementiy Cheparev, especialista de 50 km com um recorde pessoal de 3.43.05, foi o segundo classificado nos campeonatos russos deste ano, em Sochi, com a interessante marca de 2.28.58 nos 35 km, Maria Ponomariova, vice campeã nos 20 km, com 1.27.11, que apenas perdeu para Lashmanova, e Sofia Brodackaya, terceira classificada nos mesmos campeonatos, com 1.27.57.

A quarta atleta é a jovem Elvira Khasanova, que se estreou este ano nos 10 km sub-20 com a fantástica marca de 43.05, ela que foi a terceira classificada nos mundiais de sub-18 da IAAF em Nairobi-2017.

A aceitação da IAAF pressupõe a formulação de pedido e cumprimento de determinadas regras estabelecidas por aquele organismo internacional.

Colaboração: Kristina Saltanovic

Christopher Linke e Emilia Lehmeyer ganharam em Naumburg

A partida dos 20 km e, em cima, o trio feminino composto por Saskia
Feige, Teresa Zurek e Emilia Lehmeyer, e Christopher Linke.
Fotos: RW Pictures/Philipp Pohle
Montagem: O Marchador

Tiveram lugar este sábado, em Naumburg, a cerca de 50 km de Leipzig, os campeonatos alemães de 20 km marcha, e também Sub-23 e de Masters, integrados no tradicional Grande Prémio de Naumburg – este ano com a 49.ª edição – e que no passado proporcionou, principalmente aos especialistas de 50 km, grandes resultados com a presença de atletas da ex-RDA, assistindo-se, em 2004, à realização da Taça do Mundo, um grande momento atlético para a cidade. 

Na prova dos 20 km masculinos, o alemão Christopher Linke revalidou o título nacional (o quinto da sua carreira), obtendo a marca de com a marca de 1:20:40, passando aos primeiros 10 quilómetros em 41:02 e nos segundos nuns rápidos 39:38 minutos, confirmando o seu excelente período após a vitória, duas semanas antes, em Podebrady, então com a marca de 1:21:55. Nos quatro lugares imediatos classificaram-se o mexicano José Ojeda Leyver, com 1:21:30 (foi medalha de bronze no Challenge Mundial de Rio Maior), o alemão Hagen Pohle, com 1:21:41, o mexicano Eder Sanchez, com 1:22:33, e o alemão Karl Junghanss (campeão Sub-23), com 1:22:51.

Nos 20 km femininos, as três primeiras, Emilia Lehmeyer, com 1:32:49, Saskia Feige, com 1:33:23, e Teresa Zurek, com 1:33:30, todas ainda Sub-23, alcançaram marcas que são recordes pessoais e lhes permitem integrar a seleção germânica para o Mundial de Seleções daqui a poucas semanas em Taicang, na China.

Consulte os resultados disponibilizados no «site» da Federação de Atletismo da Alemanha, aqui.

Classificações
20 km femininos - geral
1.ª, Emilia Lehmeyer, 1997 (Polizei SV Berlin), 1.32.49
2.ª, Saskia Feige, 1997 (SC Potsdam), 1.33.23
3.ª, Teresa Zurek, 1998 (SC Potsdam), 1.33.30
4.ª, Aguilar Jáuregui, 1987 (Zayra MEX), 1.44.54
5.ª, Kathrin Schulze, 1981 (ASV Erfurt), 1.49.44
6.ª, Anne van Andel, 1990 (Alemanha), 1.51.44
7.ª, Katrin Schusters, 1997 (Gerresheimer TV), 1.57.30
8.ª, Liesbet de Smedt, 1982 (Bélgica), 2.04.03
9.ª, Fride Moeller Flatin, 1997 (Noruega), 2.09.13
10.ª, Linda Betto, 1977 (TV Groß-Gerau), 2.12.41
11.ª, Antje Köhler, 1961 (TV Bühlertal), 2.20.01
12.ª, Brigitte Patrzalek, 1958 (TV Groß-Gerau), 2.21.23
13.ª, Monika Müller, 1964 (TV Groß-Gerau), 2.21.27
14.ª, Ursula Klink, 1944 (TV Groß-Gerau), 2.26.57
15.ª, Diana Obermeyer, 1980 (TuS Bothfeld), 2.29.39
16.ª, Margarete Molter, 1947 (TV Groß-Gerau), 2.47.48
17.ª, Helga Dräger, 1939 (LG Esslingen), 3.02.07
Desclassificadas: Julia Henze, 1998 (ASV Erfurt), Agnieszka Agnes Garves, 1973 (Agnes MTV Stuttgart), Marion Fuchs, 1960 (Alemannia Aachen) e Ursula Herrendoerfer, 1940 (Polizei SV Berlin).

20 km masculinos - geral
1.º, Christopher Linke, 1988 (SC Potsdam), 1.20.40
2.º, José Leyver Ojeda, 1985 (México), 1.21.30
3.º, Hagen Pohle, 1992 (SC Potsdam), 1.21.41
4.º, Eder Sanchez, 1986 (México), 1.22.23
5.º, Karl Junghannß, 1996 (LAC Erfurt), 1.22.51
6.º, Nils Brembach, 1993 (SC Potsdam), 1.23.18
7.º, Carl Dohmann, 1990 (SCL Heel Baden-Baden), 1.23.57
8.º, Nathaniel Seiler, 1996 (TV Bühlertal), 1.25.02
9.º, Andreas Janker, 1983 (LG Röthenbach/Pegnitz), 1.27.01
10.º, Luis Amauri Bustamente Franco, 1985 (México), 1.27.32
11.º, Angel Colunga, 1998 (México), 1.31.09
12.º, Jose Leonidas Romero Irias, 1983 (Honduras), 1.31.15
13.º, Francesco-Marco Tommasino, 1993 (LG Nord Berlin), 1.36.10
14.º, Denis Franke, 1969 (TV Bühlertal), 1.44.46
15.º, Herrmann-Josef Stefes, 1985 (Mönchengladbacher LG), 1.45.13
16.º, Steffen Meyer, 1966 (SV Breitenbrunn), 1.48.37
17.º, Uwe Schröter, 1959 (LG Vogtland), 1.48.54
18.º, Nischan Daimer, 1967 (SV Breitenbrunn), 1.53.32
19.º, Joachim Maier, 1970 (SV Breitenbrunn), 1.53.39
20.º, Jürgen Albrecht, 1953 (Apoldaer LV 90 LV), 1.56.55
21.º, Gerard Wildeman, 1960 (Holanda), 1.57.54
22.º, Helmut Prieler, 1955 (SpVgg Niederaichbach), 1.58.45
23.º, Georg Hauger, 1957 (TV Bühlertal), 2.00.01
24.º, Andreas Ritzenhoff, 1967 (BTB Oldenburg), 2.01.44
25.º, Stefan Werner, 1964 (LG Vogtland), 2.01.51
26.º, Ronald Papst, 1962 (SV Einheit 1875 Worbis), 2.03.49
27.º, Andreas Wild, 1982 (SV Einheit 1875 Worbis), 2.04.42
28.º, Boetje Hulisilan, 1956 (Holanda), 2.08.54
29.º, Rainer Lorscheider Dr., 1947 (Rainer TV Ludweiler), 2.10.16
30.º, Stefan Nißl, 1959 (TV Ludweiler), 2.11.04
31.º, Uwe Tolle, 1955 (Polizei SV Berlin), 2.11.14
32.º, Felix Maier, 1943 (SV Breitenbrunn), 2.11.36
33.º, Peter Schumm, 1942 (Alemannia Aachen), 2.11.49
34.º, Werner Schaller, 1957 (TV Groß-Gerau), 2.12.44
35.º, Bernd Hölters, 1946 (Ocker Polizei SV Berlin), 2.13.16
36.º, Timo Schusters, 2000 (Gerresheimer TV), 2.14.02
37.º, Horst Kiepert, 1951 (MBB-SG Augsburg), 2.15.36
38.º, Christoph Höhne, 1941 (TV Fürstenwalde), 2.19.55
39.º, Günter Evertz, 1957 (Polizei SV Berlin), 2.22.52
40.º, Wolfgang Hammer, 1951 (Gehsportverein Regensburg), 2.33.26
Desclassificados: Charles T. Arosanyin, 1967 (Nigéria), Steve Allen, 1956 (Grã-Bretanha), Han Holtslag, 1957 (Holanda), Herbert Hellig, 1953 (Offenbacher SC), Jürgen Hold, 1952 (LG Kreis Verden) e Richard Maichin, 1946 (Alemannia Aachen).

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Sub-20 e sub-18 em Wajima, Japão (resultados)

A vencedora sub-20 Nanako Fujii e as provas de 10 km em Wajima.
 Fotos: JAAF e Tomoya Ishii. Montagem: O Marchador

Por ocasião dos campeonatos nacionais japoneses de 50 km em Wajima, e na véspera desta prova (sábado, 14) realizaram várias provas sobre diferentes distâncias e âmbitos, destacando-se nesta peça as de 10 km para atletas masculinos e femininos da categoria sub-20, incluindo seniores, e de 5 km para sub-18.

Nos 10 km masculinos, com os quatro primeiros atletas da geral a pertencerem ao escalão de sub-20, 2 segundos separaram os 2 primeiros, com vitória de Sho Sakazaki (40.30, 20.23+20.07) e Tatsuhiko Nagayama (40.32). Até à 5.ª posição classificaram-se Motofumi Suwa (40.46), Hiroto Jusho (41.06) e o 1.º sénior, Yasushi Morita (41.14).

Nos 10 km femininos, evidência para a primeira da geral e sub-20 Nanako Fujii, com 45.42, e parciais em cada 5 km de 22.57 e 22.45, com as segunda e terceira sub-20 a serem Minori Yabuta (47.10) e Maika Yagi (47.19). Pelo meio entraram as séniores Ai Michiguchi (45.54), Rena Goto (46.22), Yuki Yoshizumi (46.54) e Shion Honma (47.07).

Nos sub-18, venceu Yusuke Iwakawa, com 20.45, nos masculinos (55 participantes), e Sae Kitakoji, com 23.49, nos femininos (45 participantes).

Principais classificações dos sub-20 e sub-18
10 km masculinos sub-20
1.º, Sho Sakazaki, 40.30
2.º, Tatsuhiko Nagayama, 40.32
3.º, Motofumi Suwa, 40.46
4.º, Hiroto Jusho, 41.06
5.º, Koki Okamoto, 41.24
6.º, Yusuke Iwakawa, 41.53
7.º, Kiichi Takiguchi, 42.09
8.º, Ryuya Kataoka, 42.35
9.º, Hyogo Goto, 42.41
10.º, Kanta Kobayashi, 42.42
59 participantes

10 km femininos sub-20
1.ª, Nanako Fujii, 45.42
2.ª, Minori Yabuta, 47.10
3.ª, Maika Yagi, 47.19
4.ª, Aguri Hashi, 47.45
5.ª, Yuu Yoshida, 47.50
6.ª, Akane Tamaki, 48.13
7.ª, Nanako Norimoto, 48.16
8.ª, Ayumi Sugibayashi, 48.48
9.ª, Sae Kitakoji, 48.59
10.ª, Nanako Ootani, 49.00
29 participantes

5 km masculinos sub-18
1.º, Yusuke Iwakawa, 20.45
2.º, Kazuki Yanahashi, 20.50
3.º, Rihito Ishida, 20.52
4.º, Naruki Nomura, 20.54
5.º, Takatsugu Nakagawa, 21.00
6.º, Ryouga Oosima, 21.05
7.º, Rei Nakashima, 21.29
8.º, Youta Mutou, 21.29
9.º, Masatoshi Hiraoka, 21.40
10.º, Tsuyoshi Ueda, 21.57
55 participantes

5 km femininos sub-18
1.ª, Sae Kitakoji, 23.49
2.ª, Ririka Ikeda, 24.06
3.ª, Emiri Minami, 24.22
4.ª, Chie Fushimi, 24.23
5.ª, Miyu Iijima, 24.32
6.ª, Risako Togashi, 24.47
7.ª, Minami Tamaki, 25.03
8.ª, Machi Oouchi, 25.18
9.ª, Aoi Katsumata, 25.21
10.ª, Mizuki Nishioka, 25.23
45 participantes

Resultados completos, aqui.